No mundo de hoje, a tecnologia se tornou imprescindível para qualquer mercado. O seu crescimento trouxe à tona novos profissionais que passaram a compor o quadro de funcionários das mais diversas empresas.

No setor de recursos humanos, o recrutamento e seleção não é uma novidade, mas o Tech Recruiter pode ser um profissional desconhecido para muitos. Cargo responsável por recrutar profissionais de tecnologia, se tornou o elo da necessidade da empresa e o talento correto, com suas devidas skills.

No conteúdo de hoje, apresentamos: o Tech Recruiter. Pelas palavras de Eduarda Zaneltin, nossa líder na área de recrutamento em tecnologia.

1- O que é ser um Tech Recruiter?

Um Tech Recruiter (ou recrutador técnico), como o nome já diz, é o profissional que recruta pessoas, no setor de tecnologia e desenvolvimento, com base em habilidades técnicas.

É uma das profissões em crescimento que exige do profissional entenda cada vez mais tanto da área de recursos humanos quanto da área de tecnologia. Lembrando que uma experiência prévia na área de tecnologia não é um requisito, e sim a vontade de se manter atualizado e aberto a conhecer cada vez mais sobre essa área.

2- Como é ser um Tech Recruiter?

Ser um Tech Recruiter é um aprendizado diário, conhecendo cada vez mais de inovação e informações do mercado de tecnologia. Não é simplesmente recrutar, entrevistar e fazer avaliações por competências comportamentais. É entender uma stack, é entender de que forma que as tecnologias se conversam, é entender de novos negócios, é conectar o melhor talento para melhor empresa.

3- O que é preciso fazer para se tornar um Tech Recruiter?

Minimamente é ter uma afinidade com tecnologia. Se interessar por esse mundo tão incrível e grandioso e entender o quanto ele atinge a vida das pessoas. Importante também é manter-se atualizado e aberto a conhecer coisas novas com constância, seja uma nova linguagem de programação, uma cultura, uma lógica, uma biblioteca, entender as boas práticas, entre outros.

Entenda o escopo da sua vaga. Tenha sempre relacionamento com o gestor ou com alguma pessoa da equipe técnica, toda troca é sempre válida para conhecer mais sobre tecnologias, projetos, culturas e conceitos. Pesquise. -“Dá um Google!” – Tem muito blog bacana hoje em dia que passa as informações de forma muito didática. Com o tempo você vai internalizando todas essas informações e as validações vão fluir com mais naturalidade. Se tiver a oportunidade, se inscreva em Meetups e comunidades. Muitos são gratuitos e o pessoal é fantástico! Escute podcasts. Hoje em dia temos muitos podcasts que falam sobre tecnologia. Aprenda durante a entrevista. Os profissionais acabam te explicando alguns conceitos mais complexos, o que é muito agregador. Além disso, a responsabilidade de um Tech Recruiter não acaba aqui, é recomendável manter um bom relacionamento com os candidatos, às vezes não dá matching com a oportunidade que estamos oferecendo naquele momento, mas não faltarão vagas num futuro próximo. Ah e fora isso, o seu contato de hoje pode ser o seu cliente de amanhã!

Não desista! A área de tecnologia tem um processo bem diferente dos demais segmentos do mercado. A gente vai pegando o jeito com a prática e trocando com os profissionais. O mais importante é sempre ter um processo humanizado!

4- Na sua visão, quais são as vagas promissoras na área de tecnologia?

O mercado de tecnologia está crescente em diversas áreas. Mas, podemos apostar em Cientista/Engenheiro de Dados, Especialistas em Cloud/DevOps, Arquitetos Java, DevSecOps e Cyber Security são as grandes buscas no momento.

5- Qual é a sua dica como recrutador para os candidatos dessa área?

Como toda dica de RH, mantenha seu LinkedIn atualizado. Por falar em atualização, é super importante que profissionais da área de tecnologia busquem estar em constante aprendizado. Seja em cursos online, participação em comunidades, eventos, Meetups etc.

Conhecer a cultura da empresa antes da entrevista é essencial, até mesmo para você saber responder porque quer trabalhar lá. Durante sua entrevista, mostre suas competências a partir de ações e resultados.

Lembre-se a escolha é sempre uma via de mão dupla.

Estamos enfrentando um período de quarentena e com isso, o formato de entrevista mudou em todas as empresas. Sugerimos que reserve um espaço tranquilo para que sua entrevista aconteça. Garanta que seu áudio e câmera estejam funcionando e que tenha uma boa iluminação. Os bate-papos estão acontecendo via call ou vídeo conferência, e vem trazendo grandes aprendizados e resultados. Com isso, temos a certeza de que esse será o novo normal.

Por,
Eduarda Zaneltin – Partner & Product Owner

Quer saber mais sobre o assunto? Entre em contato conosco:

[email protected]

Quer sabem mais sobre nossas soluções? Contate nosso time comercial:

[email protected]

Comments are closed.