Saiba como chegar ainda mais longe na profissão

A aceleração dos processos digitais vem aumentando de maneira bastante significativa nos últimos anos. Isso se justifica com o fato das pessoas optarem por realizar boa parte das suas atividades diárias pelo computador, celular ou tablet ao invés de utilizar processos presenciais e/ou mecânicos. 

Podemos notar essa mudança com base em simples tarefas diárias: as idas ao banco com direito a filas intermináveis deram lugar a poucos segundos dentro do aplicativo que permite pagar contas, enviar dinheiro para a poupança e realizar transações bancárias. Bateu aquela fome e não tem nada na geladeira? Basta abrir o celular e escolher entre as inúmeras opções de restaurantes disponíveis em diversos aplicativos de refeições. Precisa de roupas novas, mas não quer encarar um shopping lotado? As lojas dão a opção de comprar online e receber em casa. 

Tudo isso otimiza o nosso tempo e traz mais comodidade para nossas vidas, sem sombra de dúvidas. Mas vale lembrar que para todos esses aplicativos e processos virtuais rodem de maneira satisfatória, é preciso contar com um profissional altamente capacitado. 

E é a partir daí que os programadores entram em cena. Essa profissão, em profundo crescimento nos últimos anos, são os responsáveis por tornar a nossa vida mais prática – e também mais divertida (já que os joguinhos de celular que tanto gostamos também contam com uma mãozinha deles)! 

Para os profissionais de programação, esse aumento de demanda (cerca de 100% a mais somente no em 2020, de acordo com algumas pesquisas) é excelente para alavancar ainda mais a carreira. Mas como proceder em relação a isso? O que pode ser feito para crescer nesse meio? Pensando nisso, trouxemos cinco dicas valiosas para você que deseja uma carreira sólida como programador(a). Confira! 

1 – Não deixe de estudar

O maior erro que um profissional pode cometer é achar que já sabe o suficiente. Como dizem os mais velhos “conhecimento não ocupa espaço”, então por que não ampliar seus horizontes e ir em busca de mais aprendizado? Principalmente quando se trata de programação, sempre há mais alguma coisa para aprender. 

Novas linguagens de programação surgem a todo momento. Se você já possui um amplo conhecimento em Java, por exemplo, que tal aprender um pouco mais a respeito de PHYTON ou de C#? É claro que saber todas as linguagens é uma tarefa árdua, mas quanto mais você souber, mais você será capaz de evoluir e ganhar espaço no mercado de trabalho. 

2- A prática leva à perfeição 

Mesmo trabalhando constantemente com os códigos, pode ser que alguns causem uma dificuldade maior na rotina de trabalho do que outros. Sendo assim, o ideal é ir além do copiar e colar, Utilize os códigos efetivamente, faça algumas modificações e melhorias para seguir trabalhando a mente e adquirir ainda mais prática durante o trabalho. 

3- Aprenda inglês

Além do universo da programação ser majoritariamente nesse idioma, o que já exige um certo conhecimento da língua inglesa, estamos vivendo um novo momento no mercado de tecnologia no país. Diversas empresas estrangeiras notaram no Brasil um polo de grandes profissionais tech, onde boa parte desses especialistas são chamados para trabalhar em grandes companhias internacionais.

Mas para isso ocorrer, é crucial saber pelo menos de forma intermediária se comunicar em inglês, já que esse tipo de trabalho exige que o profissional se reporte para gestores que raramente falam português. Para isso, invista em um bom curso de idiomas, prepare a mente para ler livros ou assistir séries e filmes em inglês ou até mesmo (caso seja possível) realizar um intercâmbio de alguns meses em um país de língua inglesa. 

O investimento pode parecer alto, mas os ganhos que esse conhecimento proporciona fazem valer a pena (quando o emprego na multinacional chegar, não esqueça de nos agradecer por essa dica tão valiosa 😉 rs)! 

4-  Utilize a lógica de programação

Para que o sistema funcione perfeitamente, é muito importante trabalhar com a lógica de programação. Ela trará o cálculo necessário para uma boa estruturação. A programação está universalmente baseada nela e também na estrutura de algoritmos. 

Sendo assim, é muito importante estabelecer uma linha de raciocínio para escrever o código, fazer a elaboração do algoritmo e fornecer o fluxograma de forma prática. Isso auxilia no dia a dia do programador para uma rotina sem perda de tempo. 

5- Investir em Soft Skills é essencial!

E por último, mas não menos importante – pelo contrário, trata-se de algo MUITO importante – você deve investir em soft skills. Isso porque a cada dia os valores das grandes empresas estão embasados em ter em suas equipes pessoas que estão preparadas para lidar com os desafios da rotina de trabalho, mas que sabem que precisam trabalhar em grupo para as tarefas fluírem.

Sendo assim, lembre-se sempre de ser um profissional disposto a aprender, a ouvir e principalmente, a ajudar seus colegas de trabalho. Compartilhe seu conhecimento, traga suas ideias, ouça as sugestões de outros membros da equipe. Isso é crucial para evoluir não só na carreira, mas também como ser humano. Um bom profissional, com humildade e proatividade é o profissional perfeito para cargos de liderança, não se esqueça disso! 

 

Gostou das dicas do artigo de hoje? Então curta, compartilhe e envie para aquele(a) amigo(a) programador(a) que está afim de alavancar a carreira! Quem sabe ele não decola com esse nosso empurrãozinho! 😉

Para mais dicas e informações sobre o mundo tech no RH, não deixe de conferir o portal da Hub42. Esperamos por você!

Comments are closed.

EN PT ES