Author

Leandro Lomeu

Browsing

O que é e como surgiu o Outubro Rosa?

O Outubro Rosa é um movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama e, mais recentemente, do câncer de colo do útero. Criado no início da década de 1990 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure, o movimento é celebrado anualmente no mês de outubro.

Qual a importância do Outubro Rosa:

Apoiado por diversas pessoas e empresas, o movimento Outubro Rosa tem como principais objetivos:
– compartilhar informações e promover a conscientização sobre o câncer;
– proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e tratamento;
– contribuir para a redução da mortalidade.

Câncer de mama:

“O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células da mama. Esse processo gera células anormais que se multiplicam, formando um tumor. Há vários tipos de câncer de mama. Por isso, a doença pode evoluir de diferentes formas”.

Para conhecer os sinais e sintomas, medidas de prevenção, tipos de diagnóstico e tratamento do câncer de mama, clique aqui para acessar informações detalhadas pelo Instituto Nacional de Câncer.

Câncer de colo do útero:

“O câncer de colo do útero, também chamado de câncer cervical, é causado pela infecção persistente por alguns tipos do Papilomavírus Humano – HPV (chamados de tipos oncogênicos).

A infecção genital por esse vírus é muito frequente e não causa doença na maioria das vezes. Entretanto, em alguns casos, ocorrem alterações celulares que podem evoluir para o câncer. Essas alterações são descobertas facilmente no exame preventivo (conhecido também como Papanicolaou ou Papanicolau), e são curáveis na quase totalidade dos casos. Por isso, é importante a realização periódica desse exame”.

Para conhecer os sinais e sintomas, medidas de prevenção, tipos de diagnóstico e tratamento do câncer de colo do útero, clique aqui para acessar informações detalhadas pelo INCA.

Rosa o ano inteiro:

A Hprojekt e a Newik são rosa o ano inteiro. Inseridas no mercado de Recursos Humanos, ambas as empresas carregam em sua identidade visual a cor rosa para representar uma personalidade associada à percepção do que é feminino, jovial, moderno, tecnológico, simpático e acolhedor.

Além disso, através de um design conectado, aderente, cursivo e intenso, a identidade das duas marcas visa refletir valores como união, confiança, empatia e inovação.

Atualmente, cerca de:
– 59% da nossa equipe é composta por mulheres;
– 56% dos nossos associados são mulheres;
– 38,4% de candidaturas no nosso banco de talentos são mulheres;
– estima-se 66.280 novos casos de câncer de mama e 16.590 novos casos de câncer do colo do útero no Brasil em 2020 (INCA);
– até 2018, foram registradas 17.763 mortes decorrentes de câncer de mama (sendo 17.572 mulheres e 189 homens) e 6.526 mortes decorrentes de câncer do colo do útero (Atlas de Mortalidade por Câncer – SIM).

São por esses e outros motivos que nós da Hprojekt e Newik, queremos apoiar e contribuir para o #OutubroRosa.

Você também quer ajudar nesse movimento mas não sabe o que fazer?

Independente da época e do tipo de câncer, nossas dicas são:
– caso tenha algum familiar, amigo(a) ou colega que esteja enfrentando a doença, ajude com o que for preciso;
– apoie ONGs e instituições que cuidam de pessoas com câncer, é possível contribuir de diversas formas: financeiramente, trabalho voluntário, doação de sangue, órgãos e até cabelo (para ações como o Corte Solidário por exemplo);
– ajude no compartilhamento de informações sobre o assunto para aumentar a conscientização de ainda mais pessoas.

Uma das nossas colaboradoras, Marcela Guerra Matos, atuou com trabalho voluntário por 6 anos e meio na Fundação Sara de Albuquerque (Belo Horizonte, MG), uma instituição que presta assistência social para crianças e adolescentes com câncer e tem como objetivo ser um agente de promoção de conhecimento e melhorias no tratamento oncológico.

De acordo com a Marcela, “o motivo de eu ter abraçado essa causa e ter feito parte dos voluntários da Fundação Sara de Albuquerque, foi saber que posso trazer um pouco de alegria a essas crianças e adolescentes, em meio a tanta dor. Fazia isso com entusiasmo e empolgação, pois via nos olhos deles a felicidade, e isso não tem preço. O pouco do meu tempo, era muito para eles. Abrace uma causa e veja o bem que isso lhe faz!” 

É motivador saber o quanto podemos impactar positivamente a vida de outras pessoas, não é mesmo?

E aí, pronto(a) para ajudar com a causa? Que tal começar compartilhando esse e outros conteúdos de conscientização? 🙂 

Por:
Leandro Lomeu – Analista de Marketing

Cada vez mais, a terceirização tem se tornado algo comum, principalmente na área de Tecnologia da Informação. Esse tipo de contratação pode trazer diversas vantagens mas você sabia que existem diferentes tipos de terceirização ou não sabe qual é o melhor modelo de acordo com a sua empresa?

Veja nesse artigo as respostas para as principais perguntas sobre esse assunto:
– O que é outsourcing? 
– O que é body shop de TI? 
– O que é trabalho temporário?
– Quais as vantagens de terceirizar profissionais tech em outsourcing?
– Quais as vantagens de terceirizar em body shop de TI?
– Quais os impactos da pandemia em trabalhos temporários?
– Como a Hprojekt pode ajudar nesses tipos de contratação?

Preparado(a) para descobrir todas essas respostas? Então vamos lá…

O que é outsourcing?
“Outsourcing” é um termo em inglês para “terceirização” mas no mercado de tecnologia, esse termo geralmente é entendido como a contratação terceirizada de profissionais para a execução de serviços que vão desde infraestrutura até desenvolvimento.

Regulamentado pela Lei 13.429/2017, chamada de Lei da Terceirização, o outsourcing é um modelo que garante formalidade para o trabalhador. Ao contrário do que muitos pensam, o terceirizado não é um trabalhador informal. Ele é contratado pela empresa responsável pela terceirização e possui seus direitos trabalhistas.

O que é body shop de TI?
O body shop também é uma forma de terceirização mas é feita de uma maneira diferente. Esse modelo diz respeito a alocação de profissionais especializados em um segmento. Assim, os profissionais tech terceirizados são absorvidos pelas equipes internas de TI das empresas por um período pré-estabelecido. Enquanto no outsourcing a empresa deixa a cargo de um parceiro todas as atividades da sua área de tecnologia, através do body shop de TI ela terceiriza apenas os profissionais.

Sendo assim, o gerenciamento, treinamento e orientações de trabalho destes especialistas são de responsabilidade total da empresa contratante. Portanto, o parceiro contratado tem apenas a função de localizar os profissionais especializados, intermediando a alocação desses técnicos nas empresas que necessitam do serviço.

O que é trabalho temporário?
Instituído pela Lei 6.019/1974 e posteriormente alterado pela Lei 13.429/2017, o modelo de trabalho temporário foi regulamentado como a contratação de um funcionário (Pessoa Física) para a atuação por um determinado período, ideal para a substituição temporária de um funcionário permanente ou para atender a uma demanda complementar em um determinado período.

Com a alteração da Lei em 2017, o contrato de trabalho temporário passou a ser válido para o exercício da atividade principal da empresa contratante. Ou seja, além das contratações que são geralmente atreladas ao modelo temporário (como serviços de segurança, limpeza etc), hoje é possível contratar profissionais terceirizados até mesmo para cargos específicos relacionados ao foco da empresa.

Quais as vantagens de terceirizar profissionais tech em outsourcing?
A terceirização de profissionais de tecnologia é recomendada para empresas que:
– querem diminuir seu budget com a redução custos e encargos de contratação;
– são PMEs ou negócios em que a tecnologia não faz parte do seu produto ou serviço final;
– querem maior foco na atividade principal do seu negócio;
– não possuem um setor dedicado a TI;
– querem maior quantidade de profissionais técnicos ao seu dispor.

Quais as vantagens de terceirizar em body shop de TI?
Já o body shop de TI é recomendado para empresas que já possuem uma equipe de TI, uma vez que o gerenciamento deve ser realizado internamente:
– elimina o passo de recrutamento de profissionais;
– excelente alternativa para projetos e necessidades pontuais;
– também reduz custos e encargo de contratação;
– pode acompanhar a demanda de atividades do seu negócio;
– acesso a técnicos especializados em determinadas funções.

Quais os impactos da pandemia em trabalhos temporários?
De acordo a Associação Brasileira de Trabalho Temporário (ASSERTTEM), o setor de contratação temporária foi um dos menos impactados com a pandemia e, inclusive, houve um aumento de 48% em contratações em relação a 2019.

Esse levantamento também estima que mais de 1 milhão de vagas temporárias tenham sido preenchidas no primeiro semestre de 2020 e espera-se que até o final do ano, 1,9 milhões de vagas sejam preenchidas em modelo temporário.

Conforme nossos estudos, vimos que os profissionais tech estão sendo ainda mais procurados pelas empresas com os impactos do COVID-19 no ramo de tecnologia pois agora elas têm maior necessidade de aderir à transformação digital e processos mais automatizados para as adaptações impostas pelas limitações da quarentena. E aí, a terceirização permite contratar os melhores talentos para diferentes setores da sua empresa.

Como contratar profissionais tech de forma terceirizada?

Buscando ajudar ainda mais sua empresa, além dos nossos já conhecidos serviços de recrutamento e seleção, agora a Hprojekt atua em parceria com a Mendes Talent, uma consultoria especializada na administração de profissionais Temporários, Terceirizados, Outsourcing e Estagiários.

Sendo assim, nós da Hprojekt recrutamos e selecionamos os melhores profissionais de acordo com sua necessidade, com especialização em admissão digital e avaliação comportamental e contamos com a Mendes Talent para a prestação de serviços focados na administração de documentos, pagamento e, efetivamente, da contratação de funcionários terceirizados para sua empresa.

Ou seja, oferecemos muita facilidade, economia de tempo e de custos de contratação de profissionais para sua empresa. Quer saber mais sobre a Mendes Talent? Veja aqui o site da empresa e aproveite para segui-los no LinkedIn e Instagram.

Quer contratar profissionais terceirizados? Entre em contato com nossos especialistas agora mesmo. 

Por:
Leandro Lomeu – Analista de Marketing

Veja como se preparar para um processo seletivo online

Neste cenário de quarentena durante a pandemia do COVID-19, até os processos seletivos mais tradicionais precisaram ser repensados. Mesmo que o recrutamento e seleção de forma digital já fosse adotado por algumas empresas, durante a quarentena esse formato virou uma necessidade e, não, uma simples questão de escolha.

O recrutamento remoto tem suas vantagens e desvantagens, tanto para recrutadores e empresas, quanto para candidatos. Além disso, esse formato é uma tendência para o cenário pós-pandemia.

Por isso, separamos para você, os principais pontos sobre esse assunto, com o embasamento de 5 profissionais que atuam como Recruiter e Talent Acquisition na Hprojekt:
Alejandro de Castilho
Igor Antunes
Nicole Lima
Sandrelly Araujo
Sérgio Silva


Principais vantagens do recrutamento remoto:

– Economia de custos e tempo dedicado à realização do processo seletivo
– Disponibilidade: “a qualquer hora, em qualquer lugar”
– Aumento das possibilidades de contratação
– Conforto

“Para alguns candidatos a locomoção até a entrevista pode ser um problema, seja por falta de dinheiro, tempo etc. Com o recrutamento online, os candidatos podem realizar entrevistas e outras etapas de onde estiverem” afirma Nicole. “Conseguimos alcançar candidatos potenciais em outros estados ou até mesmo em outros países” diz Alejandro.

Outra vantagem, observada por Igor, é que “muita das vezes, os candidatos já estão alocados em uma oportunidade e somente estão buscando algum tipo de melhoria na carreira. Assim, de forma remota podemos otimizar o tempo e facilitar o processo.”

Sérgio também pontua a vantagem de disponibilidade “por estar em casa, é possível conversar com candidatos que possuem uma rotina diferente da sua, em horários que não são tão convencionais e até mesmo contato com candidatos de fora do país. Além disso, em casa você consegue deixar tudo exatamente do seu jeito e não tem preocupações como horário de volta para casa, estresse no trânsito, meios de transportes lotados, etc”.

Principais desvantagens de um processo seletivo online:

– Falta de contato humano
– Maior necessidade de atenção aos detalhes
– Acessibilidade e possíveis problemas com infraestrutura


“Apesar dessa agilidade, algumas pessoas podem não se sentir confortáveis com a falta de olho no olho” diz Nicole. Concordando com esse ponto, Sandrelly complementa: “A falta do olho no olho entre o recrutador e o candidato pode acarretar uma certa frieza no recrutamento.”

Sendo assim, Alejandro pontua que “na entrevista presencial podemos identificar alguns pontos sobre o comportamento do candidato que em uma entrevista por vídeo não conseguimos com tanta facilidade”. Igor também complementa “em um recrutamento presencial, face to face, essa parte de sentir a sinergia é muito necessária, dá mais segurança para ambas as partes, mas acredito que isso também possa ser criado no modelo digital. Depende muito da dinâmica e o tipo de abertura que é obtido. Acredito que no momento em que vivemos, a melhor forma é tratar tudo de forma muito honesta e estabelecer uma relação de troca entre ambas as partes”.

Sérgio aponta outra desvantagem que é a falta de suporte técnico imediato, “caso algo ocorra com sua máquina, você precisará se deslocar para a empresa ou solicitar que o suporte te auxilie, o que pode levar algum tempo e até prejudicar algum processo”.

Pontos de atenção que os recrutadores devem ter no recrutamento remoto:

– Relação humanizada para vencer a frieza das telas
– Empatia com a situação do candidato
– Prepare e teste a infraestrutura para minimizar imprevistos
– Gerenciamento do tempo

“No recrutamento remoto, manter o contato próximo com o candidato é sempre importante, justamente para não deixar um tom de impessoalidade. Além de usar as ferramentas de recrutamento online ao seu favor, elas podem oferecer muito se utilizadas corretamente”, Nicole afirma.

“O ponto de atenção sempre será passar confiança e segurança para o candidato, deixando o ambiente/momento agradável e com muita empatia. Nesses momentos em que o recrutamento é remoto isso apenas se intensifica, pois, como pode ser algo novo para o candidato é nossa obrigação tornar uma boa experiência”, diz Sandrelly.

“Feeling para entender o momento e romper alguns vieses: entender que está todo mundo em casa (ou quase todo mundo), olhar que é um momento delicado para todos e, principalmente, para candidatos que estão em busca de uma oportunidade e acabaram perdendo seus empregos por conta da pandemia. É um momento onde tudo tem que ser tratado com cuidado e muita transparência, gerando um processo de qualidade e verdade, sem gerar grandes expectativas e frustrar ainda mais, o trabalho com verdade é sempre o melhor caminho”, Igor ressalta.

“Outro ponto de atenção é a gestão de tempo. Por atuarmos de forma remota, podemos acabar nos perdendo em que horas começar e terminar. Além disso, devemos tomar cuidado com as distrações que temos em nossa casa. Uma dica bem legal é deixar uma mensagem em algum lugar de fácil acesso informando os horários em que você está em entrevista, assim já consegue sanar alguns possíveis problemas que possa ter. A saúde é um ponto que se deve ter muita atenção, devemos buscar alimentação adequada nos horários corretos, um ambiente de trabalho limpo e confortável pois você irá passar 8/9 horas por dia neste local, então busque uma cadeira confortável, uma mesa que você consiga manter todo seu material e, claro, lembre-se de se hidratar, levante e dê alguns passos a cada 2 horas, sua coluna irá agradecer”, Sérgio conclui.

Dicas para os candidatos se prepararem para um processo seletivo remoto:

– Tenha comprometimento com o profissionalismo
– Pesquise sobre a empresa/oportunidade que você está se candidatando
– Prepare e teste a conexão à internet, luz e som do local que você estará na entrevista
– Mantenha a calma caso haja algum imprevisto

Para Nicole, a principal dica é se comporte como se estivesse em uma entrevista presencial. “Apesar de ser uma entrevista online, você será avaliado do mesmo jeito. Por isso, organize o local da entrevista, certifique-se de que seja um local calmo, sem barulhos externos. Mas fique tranquilo, nós recrutadores entendemos que interrupções podem acontecer e estaremos preparados para isso”.

Sandrelly também destaca a importância da preparação, “é importante ler sobre a empresa em questão, estar em um ambiente agradável, testar sua conexão na rede e pensar no que irá ser falado antes de começar a entrevista”.

Alejandro também vê “muitos candidatos que não buscam entender melhor a vaga, os requisitos, etc. Isso é um diferencial pois o candidato pode focar suas experiências que estão mais alinhadas com o que é desejável”.

Igor levanta 6 pontos: “1. A primeira coisa é entender que nós recrutadores não somos donos de nenhuma verdade absoluta e não somos juízes com vereditos em mãos. 2. Checar equipamentos, o digital aproxima, mas também falha, é importante que tudo esteja nos conformes. 3. Vistam-se como numa entrevista presencial, preparem-se como uma entrevista presencial, a seriedade é a mesma, a forma de fazer mudou, mas o sentido não. 4. Estabeleçam uma relação de troca com o recrutador, perguntem, investiguem, isso é importante para também se sentirem seguros e demonstrar aptidão pelo processo. 5. Calma, pensem para responder as perguntas, respirar e encaixar bem os raciocínios. 6. Saiba que ninguém vai ter tudo o que é pedido, mas você pode ter tudo que tem para dar a essa oportunidade”.

Finalizando, Sérgio conclui: “estamos no meio de uma pandemia e é totalmente compreensível que no momento do contato possam ter pessoas ao seu redor ou algo acontecendo nas proximidades. Mas ao agendar uma entrevista, busque um local iluminado, silencioso e certifique-se de que não há problemas com conexão e microfone. Como o contato será por vídeo, os recrutadores querem te ver e ouvir da maneira mais clara possível. Caso ocorra um imprevisto, se desculpe, respire fundo e retorne para o bate papo. Por mais que você esteja em casa e seja um momento delicado pela pandemia, lembre-se que você está sendo entrevistado, então busque roupas adequadas com a oportunidade, se arrume, leia sobre a empresa com antecedência e tente não ficar nervoso”.

Dicas extras:

Esperamos que você tenha gostado das dicas mas separamos mais alguns conteúdos e sugestões pra você:
– Veja quais são os Impactos do COVID-19 no ramo de Tecnologia (ebook gratuito)
– Entenda quais são os desafios enfrentados e as soluções para as mulheres na Tecnologia (ebook gratuito)
– Se você está buscando recrutar talentos para sua empresa, entre em contato conosco agora mesmo
– E se você está procurando uma oportunidade profissional, veja todas as opções em nosso portal de vagas

E aí, gostou do conteúdo? Compartilhe com aquele(a) amigo(a) que está procurando emprego ou trabalha com RH 🙂


Por:
Leandro Lomeu – Analista de Marketing

EN PT ES